fisio-acamados

A fisioterapia tem papel fundamental quando o assunto é esse.

A falta de mobilidade faz com que as articulações tornem-se rígidas, hipomóveis e isso pode levar a deformidades e muita dor.

O fisioterapeuta, com seus conhecimentos, pode atuar para evitar essas complicações, assim como escaras (feridas formadas pela falta de circulação/oxigenação em uma região do corpo, devido a descarga de peso constante sobre essa região, sem a devida troca de posicionamento do paciente acamado.

A fisioterapia não garante, nesses casos, se o paciente vai “voltar a andar” ou voltar as suas atividades normais, isso depende da patologia, de uma avaliação criteriosa e da adequação do paciente ao tratamento proposto, mas então, por que fazer fisioterapia nos pacientes acamados?

O “andar” é uma das etapas finais do processo de reabilitação. Antes disso temos que lembrar que esse paciente poderá ter deformidades articulares, que gerarão dores muito fortes,  edemas, devido a falta de mobilidade, escaras e até a diminuição da função de órgãos como rins e coração.

E é aí que a fisioterapia entra na história, através de alongamentos e mobilizações, consegue evitar e/ou reduzir essas complicações. Trabalha na reeducação, no treino de mobilidade e transferências, como virar-se na cama, sentar-se na cama, passar corretamente da cama para cadeira e vice-versa.

Em algumas situações especificas, há doenças que obrigam a permanência da pessoa na cama, que pode variar de semana, meses ou até o fim da vida. Algumas dessas situações abrangem fraturas complicadas, doenças infecciosas, Doenças neurológicas, câncer e idosos frágeis que podem ter associado Mal de Parkinson ou Alzheimer.

Esses pacientes requerem uma atenção especial, com o objetivo de prevenir complicações, relativas a imobilidade.

Ulceras de Pressão

Também conhecidas como escaras ou úlceras de decúbito, Úlceras por pressão são feridas causadas pela  interrupção do sangue numa zona do corpo, devido a um aumento continuo de pressão nesse local.

silhouette_lying-300x82

pressao-300x187

Cuidados e prevenção

  • Mudar o paciente de posição de 2 em 2 horas e utilizar coxins (travesseiros e almofadas) nas proeminências ósseas (entre os joelhos, tornozelos e calcanhares) para eleva-las da cama ou afasta-las uma da outra.
  • Utilizar colchões que aliviem a pressão (casca de ovo ou pneumático)
  • Manter o paciente em posição confortável e se possível sentar ao menos uma vez ao dia
  • Manter a pele sempre limpa, seca e hidratada. Observar a pele diariamente inspecionando o aparecimento de manchas rosa ou vermelhas, ou qualquer outra alteração.
  • Trocar a fralda sempre que estiver suja.
  • Tomar banho diariamente
  • Manter alimentação rica em vitaminas e proteína.

UlceraPressao-300x227

Dra. Claudia M. da Silva Caetano

Crefito 47030-F

Agende sua Constulta Agora Mesmo!

Fisioterapeuta com atendimento domiciliar. Envie uma mensagem pelo WhatsApp ou ligue. Atendo Maringá e região (consulte a disponibilidade).